Liber Beta

R$13,00

Neste livro fazemos uma compilação dos métodos práticos já existentes na literatura que praticamos, aprimoramos e testamos internamente, bem como comentamos sobre os resultados que cada rito espera obter. Também explicamos conceitos importantes que perpassam a prática mágica, e que podem ser valiosos no momento de elaborar ou performar um ritual.

Limpar
REF: B08KGW6M19 Categorias: , ,

Descrição

Quando nos juntamos para montar o Projeto Xaoz (do grego 𝜒𝛼𝜔𝜍, Chaos), precisávamos definir alguns parâmetros importantes, como conteúdo, forma de apresentação, o que queríamos ser, o que não queríamos ser, e onde queríamos chegar. Cada pessoa possuía um perfil mágico, estudava e praticava sistemas distintos, e tinha seu próprio estilo de escrever e argumentar. Mas faltava um Norte, algo que desse um direcionamento claro e que unisse os talentos de cada um e permitisse que a tripulação conseguisse navegar em segurança pelo Caos.

Se, na mitologia, o Caos se apresenta como a fonte de onde se originaram todas as demais forças do Cosmos, a Xaoz representaria a união da diversidade mágica em busca do retorno a esta matriz. É impossível pensar na parte descolada do todo, e assim olhamos a magia para além dos limites tradicionais congregando a diversidade e respeitando a independência dos saberes e linhagens. 

Para auxiliar nessa definição, resolvemos nos aconselhar com o iChing. Este sistema oracular foi compilado e comentado pelo imperador Fu Hsi, por volta do ano 1.150 antes da Era Comum. Além de informar sobre o estado mental vigente de uma pessoa e de seu entorno, o iChing indica possíveis mudanças que estão ocorrendo, e escolhas a serem feitas, assim como suas consequências potenciais.

Jogando moedas, chegamos ao hexagrama 26 – Ta Ch’u, o Poder de Domar do Grande. Neste hexagrama, o céu está no interior da montanha. O potencial existe, e por enquanto está adormecido. O poder criativo é controlado pela firmeza. As linhas dois e seis apresentaram caráter móvel, indicando dois caminhos possíveis para prosseguirmos. A linha dois móvel indica uma situação em que a força paralisadora seria superior, e nos manteríamos apenas conversando internamente, estudando e compartilhando conhecimento entre nós, chegando ao hexagrama 22 – Bi, a Graciosidade. Neste hexagrama, o fogo está sob a montanha, um empreendimento mais contido e controlado, sucesso em assuntos menores. Já a linha seis móvel indica uma situação onde teria passado a época da contenção, e a força dentro da montanha poderia ser liberada, chegando ao hexagrama 11 – T’ai, a Paz. O Céu está sobre a Terra, e tudo está tranquilo. O conhecimento é compartilhado agora de forma global, em maior escala. 

Escolhemos o segundo caminho: compartilhar o conhecimento com o mundo. Neste livro, portanto, fazemos uma compilação dos métodos práticos já existentes na literatura que praticamos, aprimoramos e testamos internamente, bem como comentamos sobre os resultados que cada rito espera obter. Também explicamos conceitos importantes que perpassam a prática mágica, e que podem ser valiosos no momento de elaborar ou performar um ritual.

Sejam bem vindos ao Grimório de Práticas do Projeto Xaoz.

  • Formato: PDF
  • Tamanho: 1,53 MB
  • Páginas: 100
  • Autores: Gabriel de Figueiredo da Costa, Fernanda Surati, Felipe Simoni, Ghaio Barbosa
  • Editora: Projeto Xaoz
  • Edição: 1ª
  • Idioma: Português
  • ASIN: B08KGW6M19

Informação adicional

Versão

Digital PDF

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Liber Beta”